Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por SrMajor em Dom Jan 01, 2012 7:42 am



Jogue-Me
sua vida está em jogo





Proposta

Quem nunca quis ter os poderes de seu personagem favorito? Acredito que seja o sonho de qualquer amante de jogos poder manejar aquela espada, poder usar aquele feitiço, ter aquela força... mas o que você faria quando os tivesse? Uma história "simples", madura, eletrizante, que flerte com o terror e aborde temas atuais da cultura pop e moral: esses são alguns elementos que compõe Jogue-Me/Play Me (sem anglicismo ou com anglicismo? Eis a questão...). Nada de mundos fantásticos com guerreiros e magos, o que ofereço é a cidade de São Paulo como palco e pessoas normais como personagens (só para variar um pouco!).

A proposta inicial é simples: um garoto comum amante de jogos, sem nenhum atributo maior que lhe dê status elevado nem algum estigma que o faça um mártir, tem sua vida mudada radicalmente quando atreve-se a jogar um estranho cartucho. O garoto adquire os poderes dos games que tanto idolatrou, e agora pode usá-los da maneira que quiser. O problema é que além dos poderes também está incluso no pacote os monstros virtuais, que agora não são tão virtuais assim. Assim, o que era um sonho vira um pesadelo.

Pretendo transformar esta proposta em projeto logo, mas para isso preciso amadurecer certos pontos do roteiro. Por isso decidi antes de tudo colocar o roteiro para avaliação. As críticas, desde que sejam construtivas, serão muito bem-vindas; todas as sugestões serão ponderadas. Enfim, espero que gostem - e se não gostarem, por favor digam o porquê!

Aquele maldito cartucho

- Gabriel!
- ...
- Gabriel!!
- Que foi?!
- Deixa de manha garoto, garanto que você vai fazer novos amiguinhos por aqui. E larga esse video game um pouco!
- "Amiguinhos"... pftz! Por que eu tenho que morar nessa droga de lugar?

Gabriel resmunga sozinho no carro a caminho de sua nova casa, no bairro da Liberdade. Seu pai, um engenheiro civil, foi chamado pela firma para trabalhar numa obra do metrô próxima à famosa colônia japonesa da cidade de São Paulo, portanto a família inteira iria junto. Azar de Gabriel, que detestou a idéia desde o inicio: sair do seu velho bairro, da sua velha escola, longe de seus velhos amigos... A propósito, vamos falar um pouco de Gabriel. Gabriel Soares Pinto (ele odeia seu nome, em especial o sobrenome constrangedor) nasceu em São Paulo e ali sempre viveu, em um apartamento na vila Madalena. Tem 16 anos e é um autentico geek, fissurado em games, tecnologia, comics e series americanas (suas preferidas são The Big Bang Theory, Two And A Half Man e House); como não podia deixar de ser, é sedentário e está, digamos, acima do peso ideal. Outro detalhe: odeia tudo o que for oriental. Mangás, animes, j-rock, culinária, língua... enfim, ele nutre especial antipatia por tudo isso, o que explica em boa parte sua repulsa por morar na Liberdade.

- Chegamos!

O carro estaciona em frente a um velho sobrado de estilo oriental (Nada mais clichê, pensa Gabriel). Já é tarde, o sol está se pondo; a família entra na casa, descarrega o bagageiro e se acomoda nos quartos. Os caminhões com a mudança ainda não chegaram, Gabriel já está terrivelmente entediado - tudo o que conseguiu colocar no carro foram seu Nintendo 64 e alguns cartuchos velhos que pegou aleatoriamente. Sem nada melhor para fazer, vai até o porão procurar algo interessante que os antigos moradores tenham esquecido. Depois de vasculhar toda aquela tralha oriental antiga e empoeirada acha em cima de uma escrivaninha manca um cartucho velho, com o título em japonês encoberto por uma fita crepe onde se lê em letras garranchadas "JOGUE-ME". Curioso, ele leva-o até seu quarto onde coloca em seu N64. "Você está pronto para me jogar? SIM/NÃO" Que pergunta ridícula! "SIM". Imagens estranhas aparecem na tela, rostos contorcidos, as luzes da casa piscam, os aparelhos eletrônicos ligam e desligam. De repente tudo está escuro, exceto pela luz da tela TV ligada ao video game, o coração do garoto está acelerado, pupilas dilatadas. Subitamente uma nuvem de cubos coloridos sai da tela do televisor, derrubando Gabriel e escapando pela janela aberta para a rua.

- Acorda Gabriel, você vai perder a hora!

Já é de manhã, sua mãe está debruçada sobre ele dando leves patas no seu rosto. Ele acorda, atordoado, sem saber o que lhe aconteceu. O video game continua no chão, conectado à televisão. Besteira, foi um sonho. Veste-se, toma o café da manhã e vai para a nova escola, o Colégio Sensei Shinzo Miyazaki. Já no primeiro dia cria desafetos com os alunos, em sua maioria nipo-brasileiros que não vão com a cara do "gaijin", mas está tudo bem, ele já está acostumado com bullying. Durante as aulas Gabriel não para de pensar no que teria visto na noite anterior - ele chegou a conclusão que precisava parar de ler aqueles quadrinhos de terror. O último sinal toca, o hino em louvor aos sobreviventes! Ele vai para a entrada do colégio para esperar sua mãe buscá-lo, quando um senhor de idade oriental o aborda:

- Você viu meu neto? - o garoto ignora.
- Ele vinha me buscar... meu neto - Gabriel olha para os lados enquanto o velho resmunga, procurando a mãe impaciente.
- Você conhece meu neto? Ele é dout...
- Olha, seu neto não tá aqui meu, ele não vem! Então para de me encher! - o velho olha assustado para o garoto, atônito. A mãe de Gabriel buzina para ele do outro lado da rua. De repente o velho começa a gargalhar com sua voz esganiçada, exibindo seus dentes amarelados e contorcendo as rugas de seu rosto.
- Não vai durar nada no meu jogo, baka - aquelas palavras penetram nos tímpanos de Gabriel, um arrepio percorre sua espinha até o último fio de cabelo. Ele olha para trás mas não encontra mais o velho. Sua mãe buzina mais uma vez.

E o jogo começa

Passou quatro dias desde que Gabriel tentou jogar aquele cartucho velho. Ele já tinha se convencido que tudo não passou de um pesadelo, até jogar novamente mas o cartucho não pegava mais. Por fim, jogou-o para debaixo da sua cama e ali o deixou esquecido.


É aí que vocês entram! Aquela noite, Gabriel liberou a maldição contida no cartucho, que se manifesta através de uma nuvem de pixels coloridos que se agrupam para formar monstros clássicos do video game (Space Invaders já incluídos!). Mandem suas sugestões de como foi a primeira manifestação destes monstros e quais vocês gostariam de ver nesse roteiro.


Agora há monstros feitos de pixels (!) à solta que podem ferir ou até matar alguém e você tem os poderes para enfrentá-los! Mas esse alguém ferido (ou até morto!) pode ser você, por que deveria proteger esses desconhecidos? Afinal, a morte deles não significará nada para você. Por que se arriscar quando é mais seguro (e simples) se esconder? Ninguém aqui pediu para ser um super-herói.



O Game Over está próximo. Aguardem!


SrMajor
SrMajor

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por Kamikaze em Qua Jan 11, 2012 8:54 am

Se vc quiser saber mais sobre jogos antigos eu vou te dizer oq sei a respeito:galaxian é somente um jogo de nave no nintendo 8 bit então eu acho que não tem muia historia,megaman é assim:dr light cria 8 robos mestres (sendo q dois desses são mega e sua irmã roll) um dia a humanidade só reconhece o trabalho do dr light e não do dr wily seu rival,aí o dr wily rouba e reprograma os outros robos mestres pra dominar o mundo,mega se voluntaria pra ser reconstruido como robo de luta e aí nasce o megaman,já zelda é um pouco mais complicado pois toda historia é diferente mas com o mesmo herói tipo breath of fire.eu vou te contar a primeira do nes já q vc quer so os classicos ok! La vai:existia o bom reino de hirule aonde a paz reinava porém ganon(tambem conhecido como ganondorf) o principe das trevas desejou tomar o reino pra isso ele precisava ter a triforce um poder onipotente e oniciente que realizava desejos aos mortais,zelda q era a princesa dividiu a triforce em 8 pedaços e os pedaços por sua vez foram mandados um a um para uma dungeon cada um deles sua criada impa foi mandada procurar um jovem com coragem para lhe entregar a poderosa master sword, quando impa estava sendo atacada pelos monstros de ganon eis que surge link um jovem elfo e a salva, impa tem então a certeza que link é a pessoa certa pra a espada, ela lhe conta sua historia e assim a jornada de link começa!
Espero ter te ajudado ok! Se quiser mais histórias pode me perguntar q eu sei bastante valeu!
Kamikaze
Kamikaze

Mensagens : 131
Data de inscrição : 25/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por SrMajor em Qui Jan 12, 2012 7:15 pm

Opa, valeu parceiro! Vou ter muito trabalho pesquisando a história, personagens e monstros (principalmente os últimos)...
Só uma correção: os galaxians que mencionei são os fantasminhas do PacMan
SrMajor
SrMajor

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por miguell_ em Dom Jan 15, 2012 8:56 pm

muito boa essa ideia!!!


omg cara me bateu uma p#ta expiraçao quero saber faz tempo que venho querendo fazer um manga posso usar essa historia confused
miguell_
miguell_

Mensagens : 136
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por Kamikaze em Dom Jan 15, 2012 11:08 pm

E aí srmajor! Eu queria que vc me falasse uma coisa, o big boss não pode ser uma fusão de todos os vilões se vc para pra pensar, mas poderia ser um vírus, algo que provavelmente faz pensar que a historia vai acabar como digimon, arquivos que ganham vida no mundo humano, não poderia ser no mundo real pois os heróis sairiam do jogo pra ajudar o protagonista a lutar contra os vilões, se o herói tem que zerar o jogo ele não devria entrar em um mundo virtual ou coisa assim? Pense nisso!
Kamikaze
Kamikaze

Mensagens : 131
Data de inscrição : 25/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por Kamikaze em Dom Jan 15, 2012 11:09 pm

E aí srmajor! Eu queria que vc me falasse uma coisa, o big boss não pode ser uma fusão de todos os vilões se vc para pra pensar, mas poderia ser um vírus, algo que provavelmente faz pensar que a historia vai acabar como digimon, arquivos que ganham vida no mundo humano, não poderia ser no mundo real pois os heróis sairiam do jogo pra ajudar o protagonista a lutar contra os vilões, se o herói tem que zerar o jogo ele não deveria entrar em um mundo virtual ou coisa assim? Pense nisso!
Kamikaze
Kamikaze

Mensagens : 131
Data de inscrição : 25/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por SrMajor em Ter Jan 17, 2012 7:42 pm

miguell_ escreveu:muito boa essa ideia!!!


omg cara me bateu uma p#ta expiraçao quero saber faz tempo que venho querendo fazer um manga posso usar essa historia confused

Poxa cara, valeu pelo elogio! Mas... usar minha história? Shocked
Não acha que é pedir "um pouco" demais? kkkkkk
Agora falando sério: isso não será possível, já que eu pretendo transformá-la em um projeto. Se eu não tivesse a fim de tocar esse projeto, eu poderia até pensar nisso. Mas se você quiser pode trabalhar junto comigo na equipe para esse projeto (embora eu ainda não tenha feito recrutamento, sinta-se convidado desde já).

Kamikaze escreveu:E aí srmajor! Eu queria que vc me falasse uma coisa, o big boss não pode ser uma fusão de todos os vilões se vc para pra pensar, mas poderia ser um vírus, algo que provavelmente faz pensar que a historia vai acabar como digimon, arquivos que ganham vida no mundo humano, não poderia ser no mundo real pois os heróis sairiam do jogo pra ajudar o protagonista a lutar contra os vilões, se o herói tem que zerar o jogo ele não deveria entrar em um mundo virtual ou coisa assim? Pense nisso!

A sacada do jogo é que é uma espécie de Jumanji (embora efetivamente eu não tenha me inspirado nesse filme para elaboração da história), só que de games clássicos da Nintendo. O garoto liberta a maldição contida no cartucho, trazendo para a realidade os monstros e vilões desses games. Deste modo, o garoto torna-se involuntariamente o "herói" desse jogo-maldição e tem que vencer o jogo, antes que ele acabe com ele.
Quanto ao bigboss, ainda estou pensando a respeito. Não quero falar disso agora para não acabar com o suspense do jogo. Só garanto que será algo eletrizante.
SrMajor
SrMajor

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Manga

Mensagem por Kamikaze em Ter Jan 17, 2012 8:16 pm

Bom srmajor eu acho que o colega aí de cima falou uma coisa interessante, eu mesmo fiz um anime caseiro só pra explicar a historia de um jogo meu, um mangá não seria nada mal, só que eu acho q tem que ser um mangá do jogo e não de uma história baseada nele, ou até poderia ser com um personagem diferente em circunstancias diferentes mas no fim ter o mesmo titulo sacou?
Kamikaze
Kamikaze

Mensagens : 131
Data de inscrição : 25/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por SrMajor em Ter Jan 17, 2012 8:27 pm

Ah sim, agora eu entendi! xD (achei que "manga" era alguma expressão)
Bom, é uma idéia interessante. O que seria legal é que o mangá fosse uma extensão do jogo, não apenas baseado. Se miguell_ aceitar, podemos trabalhar junto para desenvolver conjuntamente o jogo e o mangá.
SrMajor
SrMajor

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por miguell_ em Qua Jan 18, 2012 8:26 pm

e logico q eu concordo
so uma pergunta ??? vc anda me observando vc me descreveu praticamente todo (so mudou o nome kk) Smile


----
edit:cara tive uma ideia se inves de ser um cartucho amaldiçoado ele liberace uma especie de virus "mucho loko" no console e td game q ele coloca se fosse abrindo ou liberando um portal ou ago parecido
miguell_
miguell_

Mensagens : 136
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por SrMajor em Qua Jan 18, 2012 10:40 pm

Se quiser eu mudo o nome para Miguel USAUSAHSUHSAUSAH zueira
Enfim, vamos conversar por msn ou PM para evitar flood. Até mais o/
SrMajor
SrMajor

Mensagens : 6
Data de inscrição : 23/07/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Chegou tarde!

Mensagem por Kamikaze em Qua Jan 18, 2012 10:41 pm

Aí ô miguell eu já havia falado isso ao srmajor mas eu disse que se ao invés de só os vilões fosse tambem os heróis e localizações sacou?
Kamikaze
Kamikaze

Mensagens : 131
Data de inscrição : 25/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por miguell_ em Qui Jan 19, 2012 7:11 pm

eu estava falando do que causou o acontecido e nao de personagens okey
Wink
miguell_
miguell_

Mensagens : 136
Data de inscrição : 07/01/2012
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Ah tá!

Mensagem por Kamikaze em Qui Jan 19, 2012 8:36 pm

Siiiiiiiiiiiiiim ah tá agora entendi!
Kamikaze
Kamikaze

Mensagens : 131
Data de inscrição : 25/12/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jogue-Me [Proposta de roteiro] Empty Re: Jogue-Me [Proposta de roteiro]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum